Vila Foz Hotel & Spa

O Projeto de Design de Interiores do Vila Foz Hotel & Spa surge entre o requinte de mais de um século de história e a metamorfose de inspiração romântica que reflete a versatilidade construtiva do edifício existente. Com uma localização privilegiada, mesmo na primeira linha do mar, o palacete combina um exterior imponente e um interior repleto de detalhes apaixonantes e verdadeiramente inspiradores.

Num traço comum a toda a obra, o Atelier Nini Andrade Silva procurou preservar os elementos originais e conferir importância aos símbolos, idiossincrasias estéticas e elementos arquitetónicos sublimados pelos detalhes, cuja expressividade se sentirá na qualidade dos materiais, perfeição dos acabamentos, suavidade das texturas e na riqueza dos elementos decorativos, quer do edifício existente, como do novo edifício construído de raiz.

Todo o projeto de interiores reflete a valorização e restauro dos elementos pré-existentes, a partir dos quais surge a inspiração e transposição para o edifício novo, reinterpretado através de uma nova linguagem. Assim, inspirado na elegância e no cariz clássico intemporal do edifício original, o novo edifício surge em total harmonia com os diferentes jogos visuais que equilibram a linguagem do espaço com uma certa voluptuosidade do seu interior.Apostámos em contrastes subtis entre os tons pastel e nude e nas cores verde e castanho que deixam a luz inundar o espaço. De conceito sofisticado, porém de natureza sóbria, e como uma evidente preocupação com a leitura do espaço como um todo, o novo edifício transporta todo o chame e elegância do antigo edifício, ao qual aliamos a importância da funcionalidade, qualidade dos materiais, acabamentos, texturas e a exclusividade de um ambiente que se pretende único.À medida que percorremos os diferentes pisos do edifício novo, deparamo-nos com um programa espacial que reflete, de forma inequívoca, o conforto e elegância das áreas nobres do Hotel. Todo o programa surge com a especial preocupação de criar ambientes de diferentes naturezas e contrastes subtis, onde o simbolismo e a representação dos diferentes espaços, como é o caso dos quartos, são conseguidos através do jogo de composições contrastantes, texturas, materiais e sombras lhe dão vida própria!