Concurso internacional de arquitetura SAINT-GOBAIN 2023 acontecerá em Lisboa

Lançamento do concurso contou com Carlos Moedas, Presidente da Câmara Municipal de Lisboa e José Martos, CEO da Saint-Gobain em Portugal

Realizou-se hoje, pelas 11:00h, no salão de nobre da Câmara Municipal de Lisboa, a apresentação da 18ª edição do concurso “International Saint-Gobain Architecture Student Contest”.  Lisboa é a cidade escolhida para acolher o desafio de projeto arquitetónico a propor aos concorrentes e a fase final do concurso promovido pela Saint-Gobain, em estreita colaboração com a Câmara Municipal de Lisboa, que apresentará projetos de estudantes de arquitetura de todo o mundo idealizados para um terreno pertencente ao Município – incluído no Plano de Pormenor do Aterro da Boavista.

O evento de apresentação contou com a presença do Presidente da Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, com José Martos, CEO da Saint-Gobain em Portugal, e com uma mesa-redonda de personalidades ligadas à arquitetura, à Saint-Gobain e à Câmara Municipal de Lisboa.

De acordo com Carlos Moedas, Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, “seguindo os passos da Nova Bauhaus Europeia, tão estimulada pela Presidente da Comissão Europeia, este concurso dirigido aos estudantes de Arquitetura liga vetores que nos são muito caros: a ciência e tecnologia à arte e cultura, a mistura da tradição com a modernidade, pensando novos usos para velhos espaços abandonados. Mais do que estudantes, os concorrentes serão inovadores que poderão deixar a sua marca em Lisboa”.

Para José Martos, CEO da Saint-Gobain em Portugal “Em cada Edição do Concurso realiza-se uma primeira Fase Nacional em cada país, que seleciona o projeto representante na Fase Internacional. Em 2023, a Fase Internacional terá lugar em Portugal, e não podemos estar mais satisfeitos por Lisboa ser a cidade escolhida para acolher esta 18ª Edição. Contamos desde o início com o inestimável contributo da Câmara Municipal de Lisboa para tornar este evento possível e estamos certos de que estes projetos arquitetónicos alicerçados na sustentabilidade, ajudarão também a pensar socialmente e culturalmente a cidade”.

Conforme apresentado na sessão, o Concurso Internacional para Estudantes de Arquitetura da Saint-Gobain assenta na realização de um projeto concreto feito por equipas de estudantes de todo o mundo, idealizado para um terreno real, incluído no Plano de Pormenor do Aterro da Boavista, perto do Ascensor da Bica. Note-se que o desafio colocado aos Concorrentes tem como premissa global a sustentabilidade dos edifícios projetados e a criação de condições de bem-estar para os utilizadores, com impacto nas pessoas e no planeta.

A competição internacional essencialmente dedicada a Estudantes de Arquitetura, design e engenharia foi concebida para destacar os conhecimentos dos estudantes em torno de um projeto baseado nas reais necessidades da cidade, usando a abordagem de construção sustentável da Saint-Gobain para criar espaços para a comunidade que respeitem o planeta e o bem-estar dos residentes.

A proposta vencedora receberá um prémio monetário e a publicação em meios especializados de arquitetura. A seleção da equipa vencedora será feita por um Júri Internacional, bem como a atribuição de outros prémios secundários, para os quais haverá também o contributo do universo dos estudantes finalistas participantes. Todos os premiados receberão amplo destaque nos meios próprios do Grupo Saint-Gobain.

Espera-se que a Fase Internacional desta edição possa acolher cerca de 100 estudantes, de 50 universidades de outros tantos países, estimando-se ainda acolher na fase Nacional, em Portugal, propostas de várias Escolas de Arquitetura espalhadas pelo país. O vencedor será anunciado em junho de 2023, na cidade de Lisboa.