WEWOOD ABRE LOJA-INSÍGNIA NO PORTO

A Wewood – Portuguese Joinery, uma das mais importantes marcas nacionais de mobiliário, abriu a primeira loja em nome próprio no Porto.

No ano em que celebra 10 anos, já com um reconhecimento internacional, com vendas regulares para mais de 50 países, a Wewood dispõe agora de um espaço físico na cidade do Porto, no icónico edifício Mota Galiza.

Este passo faz parte da estratégia de aumento da presença física da marca iniciado em 2019 com a abertura do primeiro showroom em Londres, no icónico edifício da Heal’s em Tottenham Court Road, e servirá como uma espécie de protótipo para as novas lojas que estão já a ser planeadas para algumas das principais cidades da Europa.

O Porto foi uma escolha óbvia, devido à proximidade com a fábrica localizada em Gandra, Paredes, e ao crescente interesse no design nacional de clientes nacionais e internacionais que escolhem Portugal e o Porto para viver.

A loja, com 585 metros quadrados, alberga toda a coleção da marca e também peças de outras marcas nacionais e internacionais de iluminação, tapetes, têxtil-lar e cerâmica que ampliam a oferta da Wewood, tais como a Nanimarquina, Teixidors, Nemo Lighting e Origin Made, entre outras.

Esta loja pretende servir não só os clientes particulares, mas sobretudo arquitetos e designers de interiores, tanto para o mercado residencial como de contract.

O design do interior da loja, bem como a curadoria de marcas e seleção de produtos ficou a cargo da arquiteta portuguesa Joana Marcelino. A escolha das marcas foi feita não tendo apenas por base a qualidade e os padrões estéticos, mas também questões relacionadas com a sustentabilidade e a autenticidade associada à responsabilidade social, bem como valores e filosofias semelhantes aos da Wewood.

Sem alterar a arquitetura do espaço, que foi abordado como uma tela em branco, a atenção focou-se na biofilia, nos materiais naturais e na luz, como forma de criar diversos ambientes que funcionam como inspiração para espaços reais possíveis de recriar tanto em casas, como em pequenos apartamentos, cafés, halls de hotéis, etc.

Salvador Gonzaga, CEO da Wewood, afirma que “O Porto foi uma escolha óbvia quando decidi abrir a primeira loja em nome próprio. É uma cidade que sofreu uma grande transformação nos últimos anos, atraindo não apenas turistas, mas também um grande investimento em arquitetura e design, com muitos profissionais destas áreas a escolherem o Porto como residência principal e com uma procura crescente pelo design e a qualidade de fabrico que a Wewood tem conseguido oferecer desde 2012. Sentimo-nos orgulhosos por termos sido uma das primeiras marcas de mobiliário portuguesas a levar o design português a vários partes do mundo e sentimos que chegou a hora de retribuir, tentando também aumentar o interesse dos consumidores portugueses neste tipo de produtos. Está mais do que na hora de Portugal deixar de ser visto como um bom local para produzir, mas ainda com poucas marcas. É uma boa altura para os consumidores nacionais deixarem de achar que só o que vem de fora é que é bom”.

A criação de uma programação regular ligada à arquitetura, ao design e à arte é também um dos objetivos da loja que pretende ser um dos principais destinos da cidade para os entusiastas de design e arquitetura, bem como de criadores e artistas.

Uma das montras será uma espaço em constante mutação que servirá, não só para atrair a atenção de quem por lá passa, mas também para lançamento de novos produtos, exposições, palestras e ateliers.

A inauguração official é feita a 26 de Maio com uma palestra sobre marcas, design, turismo e cidades com a presença de várias personalidades ligadas às áreas do design, da arquitectura, da indústria, da comunicação e instituições sediadas na cidade.

A loja funciona de Terça a Sábado das 10h00 às 19h00 na Rua da Piedade N. 80, 4050-625 Porto.