Rosa Grand Starhotels

 

A localização do icónico Rosa Grand Starhotels em Milão é uma praça cheia de história e esplender, simbólica nem sempre pelas melhores razões, mas sempre no coração dos Milaneses como todos aqueles lugares “onde o elétrico passa”. Encaixa-se perfeitamente num canto problemático de Milão desde o fim da guerra e os milaneses que passam debaixo das suas janelas e em frente da sua elegante entrada estão gratos a quem o desenhou e construiu. Os seus hóspedes que – enquanto sentados na sala do pequeno-almoço – têm uma vista sobre uma das mais nobres praças de Milão com o Palzzo dell’Arcivescovado e sobre as duas belas igrejas de Santo Stefano e San Bernardino, podem refletir sobre esses espaços único e momentos secretos numa cidade que a designer de interiores Andrea Auletta, como uma verdadeira milanesa, conhece bem.

 

 

O espírito dos quartos desenhados pela designer é surpreendente com as suas varandas e terraços de beleza intima. No interior dos quartos “sérios e característicos”, uma poltrona “tipo escritório” convida-o a examinar documentos enquanto aprecia as cores ousadas. A variedade no mobiliário dos quartos é tão insistente, que nos perguntamos se os clientes regulares não escolhem sempre “aquele” determinado quarto cujas características são combinações perfeitas com o seu carácter ou estado de espírito.

 

 

 

As casas de banho não se escondem e apresentam soluções visíveis com chuveiros assertivos quase no centro da sala e convidam ao prazer de acordar.

 

 

 

No piso térreo, o Sfizio, o restaurante da marca Eataly, convida a uma experiência alimentar discreta e solene numa dimensão verde concedida com uma elegância parcimoniosa e criando uma frescura educada e sóbria dentro de espaços para o pequeno-almoço e almoço elegante.

 

 

 

O Rosa Grand Hotel não faria sentido ser noutro local uma vez que é tão parecido com Milão, com a variedade dos seus quartos e a qualidade sóbria do seu mobiliário e das suas proporções arquitetónicas como elemento comum.