CALUDIO LUTI

 

“NÃO TENHO UMA ESTRATÉGIA PARA O SUCESSO, MAS TENHO UMA ESTRATÉGIA DE TRABALHO PARA FAZER SEMPRE MELHOR: SÓ ATRAVÉS DA INOVAÇÃO CONTÍNUA E DA ELEVADA QUALIDADE É QUE O DESAFIO PODE SER GANHO. A INOVAÇÃO É A CHAVE PARA TUDO!”

Claudio Luti, presidente da Salone del Mobile, mundialmente reconhecido, fala com a MN sobre a sua carreira e sobre o evento que traz a Milão cerca de meio milhão de visitantes, tornando-a uma das feiras com mais sucesso a nível mundial.

Cláudio Luti: estudou economia, trabalhou muito perto de Versace, transformou a Kartell com inovação e design e agora é presidente do Salone del Mobile, reconhecido no mundo inteiro. Conte-nos um pouco da sua jornada pessoal.

Trabalhei no mundo da moda durante muitos anos e, acredito que a moda e o design não são tão diferentes como possam parecer à primeira vista. Quando estive na Versace, estive lá durante 10 anos, alguns dos quais como CEO, aprendi o porquê de lojas de “monomarcas” serem tão importantes para uma empresa, estas divulgam a marca de uma forma mais rápida e eficaz. Transportei este conhecimento para a Kartell, onde comecei a trabalhar em 1988, e assim que possível abri lojas da Kartell por todo o mundo. Hoje, temos 140 lojas modelo, 250 lojas em centros comerciais e 2550 retalhistas em 140 países. Através da moda também aprendi a arte da sedução e emoção. Uma peça de mobília, tal como um vestido, também pode ser sedutora e transmitir emoções. Sempre valorizei e trabalhei muito para garantir não só inovações tecnológicas e estilísticas, mas também para renovar o catálogo várias vezes. Também como presidente da Salone del Mobile posso afirmar que a inovação, a criatividade e os laços são os principais ingredientes da Salone del Mobile. E que a Salone del Mobile prioriza as emoções, o positivismo, o entusiasmo, a iniciativa e a alegria.

Como é ser presidente de uma das maiores feiras internacionais do Mundo? Que desafios tem vindo a enfrentar ao longo deste percurso?
Eu apenas dei continuidade ao que os meus antecessores começaram de uma forma fantástica. A Salone de hoje é o culminar de todas as anteriores. É uma herança preciosa e rara e precisa de ser tratada com o máximo de cuidado e atenção. Gostaria de fazer sempre melhor, de defender e lutar por qualidade e inovação, de melhorar serviços para exposições e visitantes. Para defender o número um no pódio mundial. Não tenho uma estratégia para o sucesso, mas tenho uma estratégia
de trabalho para fazer sempre melhor: só através da inovação contínua e da elevada qualidade é que o desafio pode ser ganho. A Inovação é a chave para tudo!”

Como vê o Salone del Mobile e, adjacente a isso, a Semana do Design?
Temos uma relação consolidada com Milão porque não existe Salone sem Milão e vice-versa: a Salone del Mobile Milano tem as suas raízes em Milão. A Salone – que é o evento mais importante da semana e, na verdade, é o evento do derivam todos os outros eventos da semana – transforma a cidade num espaço fluído, aberto a uma grande variedade de experiências e oportunidades para conhecer e partilhar. O Manifesto da Salone del Mobile.Milano publicado o ano passado por ocasião da Salone, e ressuscitado para esta edição, é uma homenagem carinhosa à cidade, é uma declaração de intenção concebida para canalizar os poderes que estão presentes em Milão para que estes trabalhem em conjunto para preservar a liderança da feira e da cidade, e ao mesmo tempo atrair novas ideias, projetos e novos recursos.

Como vê o Salone del Mobile e, adjacente a isso, a Semana do Design?
Temos uma relação consolidada com Milão porque não existe Salone sem Milão e vice-versa: a Salone del Mobile Milano tem as suas raízes em Milão. A Salone – que é o evento mais importante da semana e, na verdade, é o evento do derivam todos os outros eventos da semana – transforma a cidade num espaço fluído, aberto a uma grande variedade de experiências e oportunidades para conhecer e partilhar. O Manifesto da Salone del Mobile.Milano publicado o ano passado por ocasião da Salone, e ressuscitado para esta edição, é uma homenagem carinhosa à cidade, é uma declaração de intenção concebida para canalizar os poderes que estão presentes em Milão para que estes trabalhem em conjunto para preservar a liderança da feira e da cidade, e ao mesmo tempo atrair novas ideias, projetos e novos recursos.

O que é importante para si, quando se cria design?
Antes mais, a emoção aliada à inovação. Esta é a chave para tudo. Nestes últimos anos, tem havido uma forte pesquisa sobre novos materiais relacionados com a poupança de energia, especialmente no setor das casas de banho, e IoT (Internet das Coisas) aplicada ao mobiliário e eletrodomésticos. Com o forte ponto de vista atual sobre a ecologia, a necessidade de desacelerar o impacto ambiental é primordial. A 22ª edição da SaloneSatellite – o principal evento de design para jovens e
talentosos designers que ocorre na Salone del Mobile.Milano – também vai estimular a reflexão sobre o futuro da comida de um ponto de vista responsável, explorando formas nas quais a tecnologia de design pode ser combinada com práticas ancestrais de artesanato.

O que é importante para si, quando se cria design?
Antes mais, a emoção aliada à inovação. Esta é a chave para tudo. Nestes últimos anos, tem havido uma forte pesquisa sobre novos materiais relacionados com a poupança de energia, especialmente no setor das casas de banho, e IoT (Internet das Coisas) aplicada ao mobiliário e eletrodomésticos. Com o forte ponto de vista atual sobre a ecologia, a necessidade de desacelerar o impacto ambiental é primordial. A 22ª edição da SaloneSatellite – o principal evento de design para jovens e talentosos designers que ocorre na Salone del Mobile.Milano – também vai estimular a reflexão sobre o futuro da comida de um ponto de vista responsável, explorando formas nas quais a tecnologia de design pode ser combinada com práticas ancestrais de artesanato.

Teve um grande sucesso ao lançar a Salone del Mobile em Shangai. Qual o grande potencial deste mercado?
Os números mostram que as pessoas estão cada vez mais interessadas em mobília e no design italiano de elevada qualidade, não só esteticamente bonitos e elegantes, mas funcionais e inovadores. Respondemos a um mercado extremamente curioso sobre o mobiliário italiano, pronto para investir neste e atraído por um estilo de vida italiano. Começamos a Salone del Mobile.Milano Shanghai há 3 anos: é uma nomeação estratégica internacional, que cresceu exponencialmente graças à qualidade da exposição e do interesse de um público cada vez mais consciente e sensível aos valores do design. Acreditamos firmemente que seremos capazes de avançar ainda mais o que já é um diálogo comercial e cultural fértil entre os dois países.

Falando do Salone del Mobile em Milão, quais as grandes mudanças ao nível do design tem visto ao longo dos anos? Qual a evolução desde 1961 até agora?
A Salone del Mobile é basicamente sempre a mesma na sua essência. Nestes últimos 18 anos tornou-se cada vez mais internacional. É uma experiência global que atrai profissionais que estão diretamente envolvidos no setor, bem como pessoas exteriores ao negócio do design. Houve uma evolução em termos de exposições na Salone – durante os anos desde 1961 quando a Salone Internazionale del Mobile foi criada, o nascimento da Internationl Furnighing Accessories Exhibition, Euroluce, EuroCucina, International Bathroom Exhibition, Workplace3.0 e este ano o novo projeto chamado S.Project, um conceito de exposição transversal dedicado a produtos de design e soluções decorativas e técnicas de design de interiores.

Com tantas empresas e marcas a tentar concorrer a esta feira, qual o critério de seleção?
Existe uma longa lista de espera para entrar na Salone del Mobile como uma empresa expositora. Portanto, para manter o mais elevado nível da qualidade do evento, há de facto uma seleção par admissão. Seleção esta que se baseia principalmente na história da empresa e na sua solidez económica, na inovação e na qualidade dos produtos. A equipa do departamento comercial tentar visitar o máximo de empresas possíveis para verificar os produtos e sistemas de produção. A seleção para admissão ocorre na SaloneSatellite onde um prestigiado Comité de Seleção, composto por personalidades de renome internacional do mundo do design, avalia as candidaturas de um elevado número de novos designers.

Como é que o Salone del Mobile afeta o país em termos económicos?
Italia sempre foi um país com uma presença forte no design.

Acredita que outros países têm em Itália uma referência?
O design evoluiu tornando-se também associado cada vez mais com a Itália fazendo Itália – e Milão – a capital do mesmo. Itália tornou-se internacionalmente conhecida pelo design. É esta rede industrial, este sistema de fabrico, composto de pequenas, muito pequenas empresas artesanais juntamente com os grandes fabricantes, que criam uma base sólida que por sua vez se torna uma base sólida para uma feira de sucesso como a Salone del Mobile.Milano, com a presença de expositores estrangeiros entre os principais produtores, permitindo-lhe apresentar o melhor do setor e do seu tecido criativo e produtivo ao resto do mundo. A Salone é, de facto, a expressão máxima da indústria do sector, bem como um núcleo para a criatividade.

Também Portugal se tem emancipado na área do design. Conhece o mercado? O pensa sobre ele?
O design Português está muito ativo e entrou para os holofotes da atenção internacional muito rapidamente. Este design foca muito a atenção nos materiais naturais inspirados pela sua tradição. O Prémio da 4ª SaloneSatelLite em 2013 foi ganho por Tânia da Cruz de Portugal com o sistema de insonorização “Braque” adaptável a qualquer contexto, graças às possibilidades livres e virtualmente ilimitadas para a configuração dos módulos. Este sistema correspondeu aos mais altos padrões técnicos e estéticos de design, otimizando a sustentabilidade da cortiça natural, um material nativo do seu país.

Gostaria de deixar uma mensagem sobre esta edição de 2019 do Salone del Mobile?
Neste momento, em particular, de grande sucesso para Milão é importante consolidar os poderes de atração da Salone del Mobile, oferecendo aos seus visitantes não apenas uma ampla gama de produtos, mas, especialmente, oportunidades de interface internacional e de reflexão sobre a relação entre criatividade e negócio.