Nest House

 

Um terreno de 2.000m² em São Paulo foi o local escolhido para abrigar o ponto de encontro do núcleo familiar que procurou o escritório para realizar a missão de construir a residência 1.086m². O objetivo principal do projeto é ser um local de descanso, refúgio, e principalmente encontro de familiares, o que foi interpretado poeticamente pelo arquiteto como a construção de um ninho que abriga e reúne todas as gerações. O conceito principal é utilizar pergolados para mimetizar arquitetonicamente os pequenos ramos e varetas que são incorporados na construção de um ninho, elemento que dita o ritmo, e abraça todo o projeto, criando enquadramentos da paisagem,
e posteriormente se estende como estrutura. Analogamente ao galho onde os pássaros pousam para descansar e apreciar a natureza, um grande banco de madeira foi criado para acompanhar a promenade arquitetural da residência, para que os utilizadores também possam desfrutar da biofilia criada pelo projeto de paisagismo. O projeto conta com diversas suítes e ambientes generosos, uma vez que a casa foi projetada para ser aproveitada coletivamente. Todos os ambientes são conectados por um coroamento de madeira chanfrada, que se apoia no pergolado ao se transformar em vigas de madeira sob o volume social, permitindo a permeabilidade sensorial entre o ambiente interno e externo, mas ainda assim garantindo o conforto e aconchego do ninho de madeira criado sobre a base de pedras.