Arquitetura - Casa Vermelha

Arquitetura - Casa Vermelha

 

Casa Vermelha

O projeto, da autoria do arquiteto Nelson Resende, reporta-se a uma habitação unifamiliar construída num terreno com a área de 700 m2.

A materialização da proposta assenta numa matriz geométrica rígida, que tenta encontrar relações métricas e espaciais entre as partes constituintes da habitação e do terreno, propondo a racionalização da construção contraposta à área envolvente.

A longitudinalidade do terreno, permite explorar uma sucessão de espaços geometricamente iguais, repetidos ao longo de um percurso, e que se desenvolvem de forma substancialmente diferente – o pátio de acesso para automóveis, relacionado com o espaço da garagem; o espaço de jardim exterior, relacionado com o espaço de estar interior da habitação; o pátio exterior de serviço, ao nível da cave relacionado com os espaços de trabalho, fechando e rematando esta sucessão.

A habitação, excetuando o espaço de circulações horizontais e verticais (rasgado a Norte e a Sul), ora se abre para Poente (Sala Principal e Quartos), ora se abre para Nascente (espaços de serviço, ou espaços de apoio). Contrariamente, a luz artificial é desenhada nos planos cegos das fachadas Sul e Norte e permite um jogo de contrastes que acentua os planos transparentes de dia e realça os planos opacos de noite.

O objetivo passou por validar uma solução mais distante de imagens muito sofisticadas e demasiado bem acabadas, permitindo a identificação dos sistemas construtivos e a consequente integração numa envolvente marcadamente rural.

 

 Red House

The project concerns to a single-family house, built on a plot of land with an area of 700 m2

The materialization of the proposal is based on a rigid geometric matrix, which tries to find metrical and spatial relations between the constituent parts of the dwelling and the land, proposing the rationalization of the construction as opposed to the surrounding area.

The longitudinality of the plot allows to explore a succession of geometrically equal spaces, repeated along a path, and which develop in a substantially different way - the car access patio, related to the garage space; the outdoor garden space, related to the interior living space of the house; the outside patio of service, at the level of the basement related to the work spaces, closing and ending this succession.

The dwelling, except for the horizontal and vertical circulation space (torn north and south), now opens to the West (main living room and bedrooms), now opens to East (service spaces, or support spaces). In contrast, artificial light is drawn in the blind planes of the South and North facades and allows a game of contrasts that accentuates the transparent planes of day and highlights the opaque planes at night.

The objective was to validate a more distant solution of very sophisticated images and too well finished, allowing the identification of the constructive systems and the consequent integration in a markedly rural surroundings.

 

Facebook Twitter Google+ Pinterest

Deixe um comentário

×

Log in

×

Inscreva-se para se manter em contato!

Seja o primeiro a conhecer ofertas especiais e acordos exclusivos da Mobiliário em Notícia e dos nossos parceiros.

Check out our Política de Privacidade & Termos de Utilização
Você pode cancelar a assinatura da lista de e-mail a qualquer momento